Artigos

iocb

(11) 5538-0011

O que é

O menisco é uma fibrocartilagem presente nos joelhos que tem o objetivo de diminuir o impacto entre o fêmur e a tíbia. O menisco também é responsável pela lubrificação que o joelho precisa para atividades diárias como andar, correr, ou até mesmo realizar movimentos simples como dobrar o joelho. Além disso, ele também é um importante estabilizador do joelho

Cada joelho possui dois meniscos: o lateral e o medial. O menisco lateral está posicionado do lado externo do joelho e possui maior mobilidade, enquanto o menisco medial está posicionado internamente e tem menor mobilidade: é o menisco medial que está mais sujeito a lesões.

Causas

A lesão do menisco pode ter causa traumática ou causa degenerativa. As lesões traumáticas estão relacionadas a atividades que geram impactos capazes de lesionar o menisco. Já as lesões degenerativas são mais comuns em pacientes com mais idade, porque o menisco e as outras estruturas do joelho acabam se desgastando.

Dentre as principais causas de lesão meniscal por trauma estão:

- Flexão dos joelhos com muito peso;

- Torcer o joelho;

- Sofrer um impacto muito forte no joelho;

Sintomas

O principal sintoma de uma lesão no menisco é a dor no joelho, além disso, o paciente também pode apresentar edema na região (inchaço), resultado do excesso de líquido sinovial. O paciente também pode sofrer com joelho travado, isso ocorre porque o menisco lesionado se desloca durante os movimentos do joelho, travando a região afetada.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por meio de exame fisico detalhado e pode ser complementado com  ressonância magnética. A ressonância magnética é capaz de identificar o tipo de lesão (lateral ou medial) e outras possíveis lesões que possam ter acontecido além do menisco, como em ligamentos ou cartilagens, por exemplo.

Tratamento

O tratamento para lesão do menisco é feito, a princípio, de maneira conservadora com sessões de fisioterapia, uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, e aplicações de gelo no local.

Em casos mais graves pode ser realizada artroscopia do joelho. Nela, o especialista poderá suturar ou ressecar a região lesionada do menisco, dependendo de cada caso..

Recuperação

Nos casos cirúrgicos, o tempo de recuperação depende do tipo de intervenção, que pode durar de um a três meses.. Pode ser necessario o uso de muletas para evitar o peso na região do joelho operado e dor no joelho.

Após a cicatrização, o paciente irá realizar sessões de fisioterapia para ganhar novamente os movimentos do joelho. Os exercícios serão focados em amplitude, rotação e fortalecimento. As atividades físicas poderão ser retomadas após o período de recuperação e da avaliação do médico especialista.

Prevenção

A lesão do menisco pode ser prevenida e existem algumas medidas que podem ser tomadas, dentre elas estão:

- Manter o peso ideal.

- Praticar exercícios físicos.

- Não ignorar sintomas.

Mais Informações

Nos quadros de lesão meniscal, é possível que haja uso de medicação para aliviar a dor. Ao suspeitar de qualquer alteração no menisco, como dor no joelho, ou joelho travado, a primeira medida a ser tomada é consultar um médico especialista no assunto: não tente cessar a dor sem a assistência de um profissional e evite qualquer tipo de automedicação.

Responsável Técnico

Dr. Paulo Facciolla Kertzman
CRM: 57.367
Ortopedia e Traumatologia

Endereço

R. Dr. Jesuíno Maciel, 1610
Campo Belo – São Paulo (SP)
CEP 04615-004

Tel: (11) 5538-0011

Horário de funcionamento

Segundas às Sextas-feiras: 8h00 às 19h00
Sábados: 8h00 às 13h00*

*Verifique disponibilidade