Artigos

logo

(11) 5538-0011

A dor no ombro é a terceira reclamação mais comum nos consultórios ortopédicos, perdendo apenas para as dores na lombar e no joelho. As estimativas mostram que a dor no ombro afeta de 16% a 26% da população, sendo que uma em cada dez pessoas vai ao médico por causa do incômodo nessa região.

A dor no ombro pode ser classificada como aguda, quando aparece de repente, ou como crônica, quando dura por várias semanas e meses. As causas da dor são divididas em duas categorias: traumáticas e atraumáticas. As lesões traumáticas são aquelas causadas por grandes impactos, como quedas, choques e movimentos bruscos (como em uma batida de carro). Já as lesões atraumáticas são aquelas causadas pelo desgaste das articulações e dos tendões, sendo mais comuns em pacientes idosos.

Algumas das doenças mais comuns que causam dor no ombro são:

  • Bursite;
  • Tendinite;
  • Artrite;
  • Capsulite adesiva (ombro congelado);
  • Fraturas;
  • Lesões dos tendões do manguito rotador;
  • Artrose;
  • Luxações;

Os sintomas mais frequentes são: dor no ombro; rigidez e inchaço;; dificuldade de movimentar a região; instabilidade e/ou fraqueza.

É importante se consultar com um médico ortopedista quando as dores são constantes, e limitam as atividades diárias que precisem dos ombros, como escovar os dentes, levantar os braços para pegar um objeto, pegar uma criança no colo, etc. A dor também não deve ser presente quando o paciente estiver repousando.

O médico fará o diagnóstico perguntando sobre o histórico do paciente, fazendo exame clínico, e solicitando outros exames de acordo com a suspeita da doença. Após esta etapa, o tratamento será feito de acordo com a doença diagnosticada, podendo ser conservador ou cirúrgico.

Conte com a equipe de ortopedia especializada do IOCB para uma avaliação detalhada e diagnóstico preciso!

Responsável Técnico

Dr. Paulo Facciolla Kertzman
CRM: 57.367
Ortopedia e Traumatologia

Endereço

R. Dr. Jesuíno Maciel, 1610
Campo Belo – São Paulo (SP)
CEP 04615-004

Tel: (11) 5538-0011

Horário de funcionamento

Segundas às Sextas-feiras: 8h00 às 19h00
Sábados: 8h00 às 13h00*

*Verifique disponibilidade